Gamificação na educação: uma ferramenta para engajar mais os alunos


Afinal, como manter os alunos focados nos exercícios de aprendizagem? Esse é um dos principais desafios enfrentados pelos pais e educadores hoje em dia. De modo especial, por conta da competição com a tecnologia. No entanto, uma forma de utilizá-la a nosso favor é por meio da gamificação na educação.

Quer saber o que é e como aplicá-la na rotina dos seus filhos? Continue a leitura do post e descubra!

O que é gamificação na educação?

A gamificação na educação se resume em aplicar os próprios recursos do universo de jogos como socialização, competição, rankeamento, premiações e desafios baseados em processos. É o mecanismo e a lógica dos games empregado em algum contexto totalmente diferente.

Dessa forma, é possível unir a tecnologia com a interação das redes sociais, que já fazem parte do nosso dia a dia. Não é incrível como algo que parece brincadeira pode trazer inúmeros benefícios à aprendizagem infantil?

Isso porque, ao participar de um jogo - com intuito educacional ou não -, a tendência instintiva é nos movermos em direção à vitória. Assim, os sistemas neurológicos e fisiológicos, que comandam o sentimento de “felicidade”, são ativados. Em qualquer escala, os games despertam a sensação de “ultrapassagem das adversidades”.

Como aplicá-lo no processo de educação?                                                   

É possível utilizar algumas técnicas e dinâmicas na rotina da sua família que incentivam a gamificação na educação. Isso pode ser feito também em sala de aula, como forma de ensinar o conteúdo de modo divertido e agradável para os alunos.

Listamos, abaixo, algumas dicas práticas para que você possa colocar em ação a partir de hoje! Confira:

  • Veja os aparelhos eletrônicos como celular, tablet e computadores de forma benéfica para o conhecimento dos seus filhos. Diversos aplicativos podem facilitar os estudos e incentivá-los. A tecnologia não é vilã;
  • Invista nesses canais como meio de acesso à informações e outros recursos para pesquisa, de maneira pró-ativa. Isso faz com que eles participem, junto dos seus amigos, de uma competição que ensina! Prestando atenção e motivando a contínua busca por conhecimento. O retorno dessa dinâmica é quase que imediato;
  • Jogue videogame! Tal atividade permite uma experiência incrível sobre falhar, superar obstáculos, persistir e vencer. Aqui, eles são responsáveis por suas próprias decisões.

Para qual idade a gamificação na educação é indicada?

A gamificação pode ser implementada em qualquer circunstância, não há restrições. Engana-se quem vê o método como algo utilizado somente no aprendizado dos menores. A gamificação na educação é válida para todos os níveis escolares. Desde o primário, o fundamental e o médio, até o ensino superior, em diferentes tipos de cursos. 

 

Este assunto foi relevante para você? Leia outros artigos sobre educação no blog do Colégio Erasto.