Transformadores: Dirlei prova que cabe o mundo no coração de uma mãe

O que pode ser mais transformador do que o amor de uma mãe? Um sentimento tão nobre que é capaz de enfrentar qualquer batalha em nome da felicidade dos filhos. Tão poderoso que os seus frutos podem ser colhidos ao longo de muitas gerações. 

Dirlei conheceu a força desse sentimento com o nascimento das filhas Giovana e Giulia. Ela entendeu também que amar é desconhecer diferenças e se colocar no lugar do outro. E, quando isso acontece, uma nova forma de ver o mundo se revela.  

Quando o assunto é aprender ou ensinar, Dirlei acredita que todos nós podemos ser alunos e professores. “A minha filha aprende, enquanto os colegas aprendem com ela. Ela tem uma sensibilidade diferente e essa troca é importante para todos. Cada um tem muito para doar”, afirma. 

Para a mãe, a educação transformadora não se concentra apenas na passagem de matérias, mas no ensino do respeito ao próximo, ao professor e aos pais.